Valor Agregado? O que é?

Criado em meados de 1920, entretanto realmente aplicado somente a partir de 1980, o estudo do valor agregado, resumidamente, se trata do ato de trazer vantagens ao consumidor que vão além do produto em si, podendo ser definido em uma simples equação: Valor Agregado = Benefício – Custo. Existem duas estratégias que podem tornar calculo positivo, a adição de benefícios e a redução dos custos.

valor-agregado

É importante salientar que a escolha por um dos lados da equação se faz essencial para o sucesso ao colocar esse estudo em prática. Pesquisas mostram que o ato de querer estar nos dois lados do espectro ao mesmo tempo acaba retardando o processo e deixando o empreendimento em uma posição conhecida como “área cinza”, onde não existe uma real definição da estratégia utilizada.

Benefício: Trabalhar com foco no benefício gerado pelo produto ao consumidor é certamente a escolha mais difícil e demorada das duas propostas, porém, é a que traz mais prestígio ao empreendimento e pode ser também a mais lucrativa pela sua relação com a exclusividade e singularidade dos produtos. É comum ver negócios que tem esse objetivo em mente se tornarem gigantes do mercado que, mesmo com um número menor de vendas, são reconhecidos pela altíssima qualidade em seus produtos, pelo serviço de relacionamento com o cliente diferenciado oferecido ou por uma boa construção de imagem pública, mostrando que o produto ou serviço é utilizado por pessoas famosas e bem-sucedidas, trazendo ao consumidor a sensação de valorização e justificando o dinheiro extra investido.

Custo: Embora mais simples no papel, é o mais desafiador, pois implica na diminuição da margem de lucro para se ter um preço mais competitivo e gerar renda proveniente do alto fluxo de vendas. Normalmente essa estratégia acarreta produtos com uma menor qualidade e menos personalizáveis, entretanto, um bom tratamento relacionamento com o cliente se faz necessário independente do método selecionado. Muitas vezes a mudança para essa estratégia pode trazer um certo desconforto inicial por influenciar no segmento de mercado que o produto costumava atuar, entretanto, se feito de forma eficiente e com a utilização das ferramentas de inteligência disponíveis ao empreendedor, pode levar ao sucesso a médio ou até curto prazo.

Conheça A Narwal Sistemas

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *