Packing List: importância, como funciona e dicas essenciais!

Packing List: importância, como funciona e dicas essenciais

O processo de despacho aduaneiro requer atenção para diferentes documentos e procedimentos, com o objetivo de assegurar a legalidade e fluidez das transações comerciais internacionais. Entre eles, está o Packing List.

Esse documento visa facilitar o desembaraço aduaneiro e assegurar a conformidade em todas as etapas do comércio internacional.

Dito isso, quer entender tudo sobre este documento? Leia este artigo até o final e aproveite!

O que é Packing List?

O Packing List é um documento que detalha todas as mercadorias ou componentes de uma carga, o que inclui dados como quantidade, peso, descrição e até mesmo informações sobre a embalagem.

Também conhecido como romaneio de carga, esse registro visa oferecer uma visão abrangente de todo o conteúdo da remessa, o que é fundamental para o processo logístico em questão.

Neste sentido, um dos propósitos principais deste documento é simplificar a localização e identificação de cada produto da carga para facilitar a fiscalização durante os momentos de embarque e desembarque.

Então, ele procura conter todas as especificações dos itens enviados e estruturá-los de maneira organizada, com base em um padrão internacional estabelecido.

O que deve constar no Packing List?

É interessante ressaltar que a legislação brasileira não determina um modelo específico que deve ser seguido para o romaneio de carga. Logo, a elaboração do documento fica sujeita à autonomia das partes envolvidas no processo de importação e exportação.

Contudo, é preciso conter os dados necessários para o desembaraço aduaneiro, que são:

  • número total de pacotes (embalagens);
  • marcação distintiva em cada pacote;
  • identificação sequencial numérica dos pacotes;
  • descrição das embalagens individuais com dados de peso, dimensões unitárias e volume da carga.

A ausência ou a inadequação dessas informações pode acarretar em complicações no processo aduaneiro, como atrasos na liberação da carga, cobranças indevidas de impostos e multas. 

Portanto, a correta preparação do romaneio de carga, de acordo com os requisitos do desembaraço aduaneiro, é fundamental para garantir uma operação de importação ou exportação eficiente e em conformidade com a legislação vigente.

Packing List: o que é, para que serve e dúvidas frequentes

Para que serve o Packing List e a Fatura Comercial? 

Tanto o romaneio de carga quanto a Fatura Comercial são documentos de exportação e importação essenciais para garantir a conformidade aduaneira e financeira do processo.

O romaneio de carga serve para:

  • listar as informações gerais de cada produto;
  • facilitar o controle durante o transporte e recebimento;
  • ajudar nas etapas de classificação e avaliação aduaneira;
  • auxiliar no manuseio correto da carga durante a logística de transporte.

Já a Fatura Comercial é o documento responsável por fornecer os dados financeiros da transação comercial, como preços, termos de pagamento, descontos e outros.

Basicamente, ela serve para:

  • determinar os valores aduaneiros, taxas e impostos relacionados com o processo de importação ou exportação;
  • fornecer informações precisas sobre os termos comerciais acordados;
  • servir como base para registros contábeis relacionados à operação.

O Packing List pode substituir a Fatura Comercial? 

Não, o Packing List não pode substituir a Fatura Comercial, porque esses dois documentos desempenham funções distintas nas transações comerciais.

Enquanto o romaneio de carga se concentra nos detalhes físicos das mercadorias, o propósito principal da Fatura Comercial é estabelecer os termos financeiros da transação. 

Ambos os documentos são geralmente exigidos pelas autoridades aduaneiras e são essenciais para uma transação comercial internacional completa e precisa. 

Modelo de Packing List

Como mencionamos anteriormente, não existe um modelo único de documento que precisa ser seguido.

No entanto, separamos um para você ter uma ideia de como ele pode ser elaborado:

Packing List: modelo

O que acontece se o Packing List não for apresentado?

Deixar de apresentar o romaneio de carga no despacho aduaneiro (momento em que o documento é solicitado) implica em uma multa de R$ 500, conforme determinado no art. 728, inciso VIII, item “e” do Regulamento Aduaneiro.

Além disso, a ausência deste documento pode ocasionar em atrasos aduaneiros, dificuldades no processo de identificação das cargas, riscos legais e problemas de armazenamento e manuseio.

Sendo assim, a apresentação do romaneio de carga é fundamental para garantir uma logística eficiente, conformidade legal e um processo aduaneiro sem maiores problemas.

Perguntas frequentes 

Por onde emitir o romaneio de carga?

O documento pode ser elaborado e emitido pelo próprio exportador ou por profissionais da área, como agentes de carga ou despachantes aduaneiros.

A escolha do método de emissão pode depender das práticas comerciais específicas, das políticas da empresa e das exigências do destinatário.

Algumas opções comuns para emissão do romaneio de carga são:

  • softwares de gestão comex;
  • planilhas eletrônicas;
  • plataformas de comércio exterior;
  • profissionais especializados.

Em que língua tem que ser emitido?

A língua no qual o romaneio de carga deve ser emitido depende dos requisitos e acordos entre as partes envolvidas na operação comercial.

Normalmente, eles são redigidos em inglês ou na língua do país responsável pela importação.

Isso porque facilita o entendimento por parte das autoridades aduaneiras ou órgãos fiscalizadores locais.

Packing List: importância, como funciona e dicas essenciais

Quantas vias devem ser impressas?

O romaneio de carga precisa ser impresso em três cópias originais e quantas outras adicionais forem demandadas.

Que tal contar com um software que automatiza a criação do Packing List? Neste caso, você precisa conhecer o Narwal Sistemas!

Nosso software automatiza esse processo por meio da inserção automática de informações cruciais de cada item, o que ajuda a economizar tempo e reduzir erros.

Para isso, fazemos a conexão entre o sistema de inventário e o nosso software para que ele reflita com precisão todos os produtos disponíveis.

Com o Narwal, você consegue verificar de forma automática a conformidade com regulamentações aduaneiras.

E tem mais, o nosso software também trabalha com:

  • criação do packing list de forma automatizada;
  • garantia das informações fornecidas, evitando atrasos;
  • minimização de erros manuais na preparação do documento.

Impulsione sua gestão de comércio exterior com o Narwal Sistemas!

Impulsione sua gestão de comércio exterior com o Narwal Sistemas

Conclusão

Portanto, a elaboração cuidadosa do Packing List, ou romaneio de carga, é fundamental para a eficiência das transações comerciais internacionais. 

Isso porque esse documento fornece uma descrição detalhada dos itens na remessa para facilitar o desembaraço aduaneiro, como também contribui para a transparência operacional e conformidade com as regulamentações.

Em um cenário global cada vez mais interconectado, reconhecer a importância deste documento é fundamental para estabelecer relações comerciais sólidas e bem-sucedidas.
Este conteúdo te ajudou? Aprenda também sobre o Novo Processo de Importação!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *